Ideias de negócios para mães

Quando nasce um filho,logo as mulheres que sempre trabalharam começa a pensar em como fazer para trabalhar.Nem todas tem a chance de ter uma avó por perto ou alguém mais próximo da família para ajudá-la a cuidar do filho.

 

Você já deve ter ouvido falar que a ocasião faz o ladrão , pois é, muitas vezes as mães precisam trabalhar seja para se sentir útil, seja para se realizar profissionalmente ou para ajudar o marido nas despesas de casa.

 

Eu comecei a trabalhar desde os 15 anos, sempre sonhei em ser mãe, mas nunca pensei que teria que parar de trabalhar para cuidar dos meus filhos.

 

Sempre pensei em colocar minha filha na creche e voltar a trabalhar, mas outro fator mim fez desistir de procurar um emprego formal. Quem iria pega-la na creche? Quem levaria ao médico caso ficasse doente?

 

Sem nenhuma opção continuei a fazer pesquisas no google pelo seguinte termo “como ganhar dinheiro trabalhando em casa”. Encontrei algo que me fez apaixonar, foi amor à primeira vista . Encontrei uma forma de trabalhar com blogs.

 

A grande vantagem é que posso fazer o meu próprio horário e a pior desvantagem é a procrastinação.

 

Nem todo mundo gosta de escrever, então blog não será boa ideia, mas vou montar nesse artigo algumas ideias para você ver qual a que você mais se identifica, qual a que você mais tem afinidade e começar a criar seu negócio.

# 1 – Montar uma loja virtual de roupas infantil

ideias-de-negócios-para-mães

Ao se tornar mãe as mulheres passam a gostar mais do assunto moda infantil, preço mais baratos para vestir crianças, sem falar que conhecem também outras mulheres com crianças pequenas geralmente as mesmas que fizeram o pré- natal com o mesmo médico.

 

Para montar uma loja virtual você pode gastar uns R$ 500 á R$ 1.000,00 para pagar uma pessoa para montar para você uma vez que você não saiba.

 

Depois para manter a loja funcionando você vai precisar de Uns R$ 200,00 por mês para manter a loja nos custos com hospedagem,domínio,fotos,internet…

 

Se você é inteligente e tem muita paciência você pode diminuir os custos aprendendo a montar sozinha sua loja.

# 2 – Brechó de roupas e sapatos infantil

Monte uma lojinha de brechó na sua casa e ofereça para suas amigas , nos grupos do facebook de vendas da sua região.

Você pode começar vendendo as próprias roupas do seu filho e depois você pode ir comprando e revendendo dos seus ciclo de amizades.

 

Mesmo que sua loja seja uma loja física você pode criar perfis nas principais redes sociais para alcançar um público maior.

# 3 – Revender cosméticos

Essa dica também é boa para mães empreender, pois você pode fazer seus próprios horários.

 

A dica é você oferecer produtos de boa qualidade e com o preço adequado a cada tipo de clientes , por isso é preciso conhecer bem seus clientes, quanto eles ganham e quanto eles pagam para manter a aparência.

 

Por exemplo: Eu gosto de perfumes com preços de até R$ 100,00 reais se você me oferecer um de R$ 150,00 não vai vender, pois, particularmente acho muito caro perfumes desse valor por que não cabe no meu orçamento.

 

# 4 – Consultoria




Para as mães que vem do mundo corporativo e jã tem conhecimento  em uma determinada área pode oferecer serviços de consultorias.

 

Consultoria é você auxiliar uma pessoa em algo que ela não saiba.

  • Especialistas em finanças; Pode ensinar casais a se organizar para enriquecer ou criar um negócio.
  • Especialistas em redes sociais; pode ajudar outras pessoas a crescer em redes sociais
  • Empreendedor; você pode ensinar outras pessoas a montar um negócio da maneira mais simples e sem prejuízo
  • Vendedor; Você pode ensinar outras pessoas a vender

 

O bom da consultoria é que você também pode se programar para os horários melhor ou seja quando seu filho não está por perto.

# 5 – Vender pratinhos de alimentos





Outra dica que faz muito sucesso é vender pratinhos na porta da sua casa, assim você fica mais próximo do seu filho e não precisa de ninguém além do pai da criança para olha-lo.

 

Antes de começar esse negócio você precisa fazer uma pesquisa de preço e ainda os atacadista é a melhor opção para esse negócio.

 

Calcule o preço dos seus gastos e veja quanto que você pode vender seus pratinhos para não sair no prejuízo e coloque o preço mais adequado.

Conclusão

para ter sucesso em qualquer negócio você precisa encarar como um negócio e não como uma renda extra afinal você está trabalhando e merece ser reconhecida como uma empreendedora se assim você decidir trabalhar em casa.

 

Nunca misture contas pessoais com contas do seu negócio e sempre que der invista em treinamentos e conhecimento para fazer seu negócio crescer.

 

Nunca pense que já aprendeu tudo e sempre ouça o que os outros tem a dizer mesmo as críticas, pois o que você mais vai ouvir são críticas.

Veja também;

Baixe o e-book grátis com muitas dicas para economizar na sua casa

1 Comentário

  1. Eu comecei a trabalhar bem nova também e a maternidade não estava em planos recentes, mas mudei de ideia e quis ter um filho. Hoje o príncipe já tem dois anos e meio e as preocupações são as mesmas que citou no início do texto. Estou considerando seriamente fazer bolos e bombons em casa para vender. O investimento é baixo e o lucro garantido. Quem não gosta de bolo e doce?

    Vidas em Preto e Branco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *